Mercado


Mercado Brasileiro de Limpeza e Conservação – Um mundo de oportunidades

O mercado de limpeza profissional movimenta cerca R$ 32 bilhões englobando cerca 16.500 empresas e 1,5 milhão de trabalhadores conforme informações do FEBRAC (Federação das Empresas Brasileiras de Asseio e Conservação).

Cerca de 70% das limpadoras existente no mercado, cerca de 8.500 empresas, possui menos de 20 funcionários, ou seja, são empresas que se caracterizam pelo baixo nível de profissionalismo na gestão. Isso abre grande perspectiva de negócios para o crescimento das franquias de limpeza que oferecem uma estrutura de gestão profissional.

Mesmo com a evolução da terceirização, apenas 50% do mercado está terceirizado na iniciativa privada, o que demonstra que é um mercado com grande potencial de crescimento.

Alguns segmentos do mercado ainda estão num estágio inicial de evolução em relação a terceirização como hotéis, condomínios, instituições de ensino, instituições de saúde e instalações esportivas.

Outro indicador relevante que mostra o potencial de crescimento para o segmento das franquias de limpeza comercial é que todas as franquias presentes no mercado brasileiro, representam apenas 0,5% do mercado de limpeza no Brasil, enquanto no Estados Unidos essa participação é superior a 10%.

O mercado de limpeza profissional deve continuar a crescer no Brasil estimulado pelo movimento de terceirização. Sua base conceitual é de que, em um mundo competitivo e global como o que vivemos hoje, é fundamental que as empresas se concentrem na sua atividade fim, focando toda a sua energia e criatividade no seu negócio principal, seu mercado, seus concorrentes e, principalmente, nos seus clientes, deixando para empresas prestadoras de serviço, tudo que não fizer parte do seu “core business”.